• Alcatel

    United Nations

    General Mills

    PharmaCare

  • iSkin

    Samsonite

    Genco

    American Standard

  • Sears

    Nalcor Energy

    Vogue International

    Time Life

  • US Gold Corp

    Whole Foods

    Target

    Berlitz

  • Technicolor

    Chase Bank

    ScotiaBank

    Caterpillar Inc

    Manulife

  • Telus

    Kaiser Foundation

    TrojanOne

    Stanford University (22 others)

    The Pinnacle Group

  • Staples

    Volkswagon

    CIBA Vision

    Kraft

 

ISO 17100

 

 

O ISO 17100 é um conjunto de normas que constituem um padrão de qualidade especialmente desenvolvido para os fornecedores de serviços de tradução com o intuito de assegurar e mantar uma qualidade consistente dos seus serviços.


O padrão abrange não só o fundamental do processo de traduções mas também todos os outros aspetos que lhe são inerentes no fornecimento daqueles serviços, garantindo a qualidade dos mesmos e a possibilidade de identificar todo o percurso da tradução. Faz parte ainda deste padrão a descrição e definição de todos os processos de tradução através de um sistema de procedimentos coerentes que visam ir de encontro às necessidades do mercado.

 

O padrão ISO 17100 visa também a unificação da terminologia usada no campo das traduções, a definição dos requisitos mínimos que assegurem uma tradução de qualidade e a criação de formas de trabalho que permitam uma clara interação entre o cliente e o fornecedor de serviços enquadrada nos seus respetivos direitos e obrigações.

 

Existem três pontos-chave no padrão ISO 17100:

 

  • * O cuidado na seleção e monitorização dos recursos humanos
  • * A obtenção de acordo sobre as especificações do projeto antes da tradução começar a ser executada.
  • * O cumprimento das especificações em cada fase do projeto.

 

O cumprimento deste padrão de qualidade requer uma abordagem sistemática ao fornecimento do serviço ( como o ISO 9001) com mecanismos de melhoria constante. Tal requer inspeções regulares por parte da entidade certificadora. Existem também normas específicas para tradução tais como a escolha e escrutínio de tradutores e a combinação de serviços que assegurem uma tradução de qualidade.

Tomemos como exemplo uma tradução efetuada segundo as normas do ISO 17100: a tradução é efetuada por dois tradutores diferentes. Um executa a tradução propriamente dita e o segundo revê o texto, comparando o texto na língua de origem com o texto na língua de destino no que respeita ao conteúdo, estilo, gramática e outros aspetos. Por muito competente que seja um tradutor, é natural que possa cometer algum deslize de que possa resultar um erro. Poderá ser depois praticamente impossível para esse mesmo tradutor, detetar aquele erro. É então, que um segundo par de olhos se torna importante. Este procedimento conduz a um ajuste fino da precisão da tradução, no quadro das variadas formas como um mesmo texto poder ser traduzido. O tradutor e o revisor podem então discutir entre si as várias possibilidades de traduzir um determinado texto e chegar a um acordo sobre qual será a melhor tradução desse texto em função das necessidades  do cliente e do público para quem esse tradução é dirigida.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 









 

 

 

.